17 jul 2013

Tecnologia deve deixar internet 100 vezes mais rápida

Tecnologia deve deixar internet 100 vezes mais rápida

Pesquisadores das universidades britânicas de Bath e de Exeterdescobriram que a utilização do grafeno como condutor de redes de telecomunicações pode aumentar a velocidade da internet em 100 vezes.

Hoje as informações são processadas e transmitidas por meios como fibra óptica, lasers e fotodetectores, enviadas por fótons em comprimentos de onda infravermelha e processadas usando interruptores ópticos, que convertem os sinais em impulsos de luz.

Tudo isso acontece a uma velocidade de picossegundos, que correspondem a cerca de um trilionésimo de segundo.

Os departamentos de física das duas universidades descobriram que, ao usar uma fina camada de grafeno junto ao interruptor, as informações são processadas e transmitidas à velocidade aproximada de 100 femtosegundos – ou seja, quase 100 vezes mais rapidamente que a estrutura atual.

O grafeno teria a espessura de um átomo, mas ele é extremamente resistente e maleável, e é mais barato que os materiais atuais. Para se ter uma ideia, seria necessário o peso de um elefante concentrado sobre um lápis para romper uma folha de grafeno.

Share
16 jul 2013

45% das empresas brasileiras não têm sites, aponta Cetic.br

45% das empresas brasileiras não têm sites, aponta Cetic.br

Segundo estudo realizado com 6.400 empresas brasileiras que empregam ao menos 10 funcionários, apenas 55% delas têm sites. Esta é uma das descobertas do TIC Empresas 2012, publicado nesta terça-feira, 16, pelo Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic.br), órgão ligado ao NIC.br.

O levantamento — considerado um raio x nacional sobre a adaptação do mercado corporativo à estrutura digital — mostra que o dado muda de acordo com o porte: 87% das grandes empresas – com mais de 250 pessoas – mantêm páginas institucionais na internet, sendo que nas pequenas companhias a proporção é de 48% e nas médias, de 74%.

Nas redes sociais, a presença é menos maciça. Apenas 36% das empresas possuem perfil em alguma plataforma de relacionamento. Quando analisadas pelo porte, o percentual diminui para as 33% entre as pequenas e aumenta para 43% e 50% nas médias e grandes, respectivamente.

Quanto às atividades nas redes, 78% das empresas publicam notícias relacionadas a elas mesmas; 74% respondem a comentários e dúvidas e 72% publicam conteúdo referente à área de atuação da empresa. Ainda neste contexto, 38% das companhias publicam informações pelo menos uma vez por semana, enquanto 26% atualizam os canais diariamente.

Outros dados coletados dizem respeito ao uso da internet. De acordo com o Cetic.br, 97% das empresas têm acesso à rede e o número de funcionários que utilizam a internet (45%) se aproximou daqueles que usam computador (49%).

A conexão em banda larga baseada na tecnologia DSL, pela rede telefônica, alcançou 65% nesta oitava edição da pesquisa, sua maior taxa. No entanto, o uso da tecnologia de acesso por conexão via cabo apresentou o maior crescimento, passando de 22% em 2008 para 57% em 2012. A conexão via modem 3G está presente em 40% das empresas, 72% de participação nas grandes corporações.
Share
16 jul 2013

Vivemos uma guerra cibernética, admite ONU

Vivemos uma guerra cibernética, admite ONU

Vivemos tempos de guerra virtual e a ONU reconhece isso. Na manhã desta segunda-feira, 15, o secretário-geral da União Internacional de Telecomunicações, Hamadoun Touré, demonstrou surpresa pelo espanto dos governos ao saberem que os Estados Unidos espionam as conversas do mundo todo.

“Já existe uma guerra cibernética ocorrendo, lamentavelmente”, declarou, conforme relata o Estadão.

“Sabemos que todos os países estão fazendo isso (espionagem)”, disse. “Eu conversava com um embaixador outro dia que me confessou: ‘Não sei por que estão todos surpresos diante das histórias de espionagem. Todos fazemos isso.’”

Ele lembrou que são grampeados até os e-mails do diretor da CIA, uma das agências de inteligência dos EUA por trás da bisbilhotagem virtual. “Você acha que meu email é seguro?”, levantou. “Eu seria estúpido se achasse isso.”

Para Touré, não haverá vencedores nessa guerra e a única forma de pará-la seria entregando o debate a uma organização global – no caso, a que dirige junto à ONU. “Governos devem parar de realizar essas ações e apenas uma organização internacional pode trazer a uma mesma mesa governos para debater o assunto”, opinou.

Share
11 jul 2013

App verifica se o seu Android está exposto a APKs com malware

App verifica se o seu Android está exposto a APKs com malware

Recentemente, uma brecha de segurança foi descoberta no Android pela empresa de segurança digital Bluebox Security. O relatório divulgado mostrava que a falha, presente no sistema da Google desde a versão 1.6 até a mais atual, permitia que APKs maliciosas não fossem identificadas como tal e prejudicassem o seu aparelho.

Na última terça-feira (9) a Google liberou uma atualização de segurança para corrigir o problema e no mesmo dia a própria Bluebox lançou um aplicativo que verifica se o seu aparelho ainda está vulnerável. Ele se chama Bluebox Security Scanner e pode ser baixado gratuitamente no Google Play.

A aplicação é capaz de identificar se o seu sistema está vulnerável à falha, se ele permite a instalação de aplicativos de fora da Google Play e também se há qualquer app mal-intencionado instalado no aparelho.

Share
10 jul 2013

Startup oferece mais de 390 cursos online em 6 idiomas

Startup oferece mais de 390 cursos online em 6 idiomas

startup de educação Coursera, lançada em abril de 2012, acaba de receber a segunda parte de um grande investimento, totalizado em US$ 65 milhões, segundo oBusiness Insider.

empresa oferece atualmente mais de 390 cursos online em seis idiomas – inglês, francês, espanhol, chinês, alemão e italiano – sobre os mais diversos temas, entre eles, assuntos ligados à tecnologia.

Segundo o fundador Daphne Koller, com o novo investimento, a Coursera vai duplicar seus funcionários, lançar uma API para a criação de aplicativos móveis e expandir para outros países. O objetivo, segundo ele, é oferecer cursos de alta qualidade.

No momento, a startup tem parceria com 83 instituições educacionais em quatro continentes e mais de 4 milhões de usuários. Na área de tecnologia há diversos cursos que vão desde programação a análise de dados, redes sociais, segurança e criptografia. Standford, Princeton e Yale são algumas das universidades que fazem parte do projeto.

Clique aqui para conhecer a Coursera e buscar por cursos. E para saber o que os recrutadores pensam sobre esta modalidade de aprendizado, leia aqui uma matéria com percepções de 9 especialistas de recursos humanos.

Share
08 jul 2013

Windows 8.1 ficará pronto até o fim de agosto

Windows 8.1 ficará pronto até o fim de agosto

A Microsoft anunciou hoje, durante a conferência anual Worldwide Partner Conference, que a versão Release to Manufacturing (RTM) do Windows 8.1 será disponibilizada aos fabricantes e parceiros de hardware no final de agosto. A notícia chega menos de duas semanas após a Microsoft liberar o download gratuito da versão Preview.

A diretora financeira do Windows, Tami Reller, não revela exatamente quando a versão final do Windows 8.1 estará disponível para todos os usuários. No blog oficial do Windows, a empresa diz que o RTM será liberado para que os OEMs preparem seus dispositivos “a tempo das festas de fim de ano”.

A versão RTM do Windows 8 foi enviada aos fabricantes no dia 1º de agosto de 2012 e liberada para os desenvolvedores duas semanas depois, mas lançada mundialmente apenas no final de outubro. Se a Microsoft seguir o mesmo calendário no Windows 8.1, então é provável que vejamos a nova versão nas prateleiras das lojas apenas em meados de novembro.

O Windows 8.1 poderá ser instalado por meio de uma atualização na Windows Store e será gratuito para os atuais usuários do Windows 8. As principais mudanças do Windows 8.1 estão listadas neste artigo.

Share
26 jun 2013

Aplicativo de diagnóstico de hardware CPU-Z chega ao Android

Aplicativo de diagnóstico de hardware CPU-Z chega ao Android

Uma das ferramentas mais conhecidas para o diagnóstico de hardware em computadores é o CPU-Z, que foi desenvolvido originalmente para o Windows e conta com uma grande gama de usuários. Agora, o software acaba de ganhar uma nova versão criada exclusivamente para os smartphones com o sistema operacional Android. Ele é totalmente gratuito e oferece diagnósticos bem interessantes.

As principais informações relacionadas aos dispositivos estão presentes nele. E isso tudo é mostrado após uma rápida verificação dos sistemas. Além do estado do chip principal (com nome, arquitetura, núcleos, processos, clocks e renderização), também são mostradas informações relevantes sobre o sistema em geral — com uso de memória, armazenamento e resolução de tela.

Mais do que isso, o CPU-Z também revela detalhes sobre consumo da bateria presente no smartphone e dados sobre os sensores que estão sendo utilizados. Se você ficou interessado em instalar o app em seu smartphone ou tablet Android, pode realizar o download aqui. Ele está disponível para o Android a partir da versão 3.0.

Share
26 jun 2013

Microsoft libera preview do Windows 8.1

Microsoft libera preview do Windows 8.1

A partir desta quinta-feira, 27, estará disponível para download a versão preview do Windows 8.1 a todos os usuários do sistema operacional. Porém, se você possui a versão 8 instalada em sua máquina, já pode atualizá-la pela Windows Store.

A atualização do sistema operacional era uma certeza do evento que a Microsoft promove nesta quarta-feira, 26. A empresa havia confirmado que trabalhava nisso e agora revela os detalhes.

A volta do botão iniciar e mais opções de personalização estão presentes nesta versão. O recurso Snap, para execução de aplicativos em modo multitarefa, dividindo a tela, também, além de uma otimização para utilização de telas de toque, tanto em ambiente corporativo e trabalho, quanto para jogos e uso caseiro.

Confira algumas novidades no vídeo abaixo e, a partir de amanhã, se quiser baixar o preview, clique aqui.

Share
26 jun 2013

Número de vírus para smartphones e tablets cresce 614%

Número de vírus para smartphones e tablets cresce 614%

Os smartphones estão ficando cada vez menos seguros. É o que revela estudo publicado nesta quarta-feira, 26, pela empresa Juniper Networks.

O relatório aponta que a quantidade de malwares espalhados por dispositivos móveis cresceu 614% entre março de 2012 e março de 2013. Entre 2011 e 2012 o aumento foi de “apenas” 155%.

Pior para quem tem Android. 92% desses aplicativos maliciosos estão presentes no sistema operacional do Google. Vale lembrar que o SO domina 60% do mercado mundial, segundo pesquisa da Canalys.

É claro que o iOS não está livre de perigos. “Exploits teóricos têm sido encontrados, assim como métodos para esconder aplicativos maliciosos na App Store. Mas os criminosos virtuais têm, em geral, evitado produtos da Apple em favor dos pastos mais verdes oferecidos pelo Google Android”, diz o relatório da Juniper.

Outro número preocupante na pesquisa: 73% dos malwares roubam dinheiro das vítimas – seja por sistemas de pagamento móvel ou falsos serviços de SMS.

O levantamento revela ainda que a melhor maneira de evitar a contaminação de tais malwares é atualizar seu sistema operacional. 77% dos aplicativos maliciosos são eliminados em uma atualização.

A análise foi feita com base em mais de 1 milhão de aplicativos móveis.

Share
26 jun 2013

Facebook terá aplicativo para Windows 8

Facebook terá aplicativo para Windows 8

Microsoft confirmou nesta quarta-feira, 26, que oFacebook terá aplicativo para Windows 8. A novidade foi anunciada por Steve Ballmer, CEO da companhia, no evento Microsoft Build, em San Francisco.

O executivo confirmou que a novidade deverá chegar em breve, ressaltando que o sistema operacional está próximo de alcançar 100 mil apps.

Ballmer diz que a missão do Facebook é conectar-se a todas as plataformas, logo, parece lógico que a rede social, parceira de longa data da Microsoft, também aparecesse no ecossistema do Windows 8.

Outro aplicativo que deve dar as caras no SO em breve é o Flipboard, popular agregador de notícias.

Share